Venenosos

Envenena-me!

Design by Miscaro

Misturas Venenosas

Ante et Post
Asterisco
Atordoadas
Balzakiana
B-good
Barroco do Mocho
Boquirroto
Bota Gelo
Delirios 2004
Elsita
Entretantuus
Humor... A salvação
Iluminado
Miss Caipira
O Dique do Castor
omeublogemaiorqueoteu
O Pala Negra
Os porquês
Patioba
Salada Mista
The Crow
Trapalhadas para a colecção
Vida de Casado

Leituras

7000 Nomes
A funda São
A Casa Encantada
About Last Night
ABRUPTO
ABRUPTU (Do Colibri)
Alcabrozes
Blog dos Bichos
Blogue dos Marretas
Coco Ranheta e Facada
Controversa Maresia
Curtas
Desesperadamente à procura de mim
Elba Everywhere
Estações Diferentes
Esdruxulos
Gato Fedorento
* * * Grilinha * * *
Garfiar, só me apetece
Gumm
Letras Com Garfos
Maluco da Net
Malta da Bigairada
Ministério da Soltura
Morangos e Chocolate
Murcon
O Acidental
O Insurgente
O JUMENTO
Papoilas Doces
Papoila Procria...
PedeVento
Pigminha
Só sei q nada sei
Sou Burro
Vampiria
Voz do Deserto
Webcedário
World (Ana Cruz)

Venenos guardados

Agosto 2008

Julho 2007

Março 2007

Janeiro 2007

Novembro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Venenos recentes

México!!!

Quem Procura?? oi?

Que lindo é o protocolo.....

Os Super Parvos...

Vamos jantar frango...

dasssssssss tá complicado

Não se pode chamar de bur...

Kilhões ao dupenduro....

O país tal como está....

Falta de tempo? o que é i...

Mudar o template


blogs SAPO

subscrever feeds

Sexta-feira, 25 de Novembro de 2005

Diferenças...

Porque é que nunca há uma aspirina quando precisamos delas?????


Penso que seja do senso comum, entre pessoas razoaveis, que não se consegue lutar contra valores adquiridos! É lógico que haverá diversas opiniões, as quais não deverão influenciar ou substimar o juizo de valor de uma melhor ou pior educação, crença, cultura ou vocação!


O que para nós é ridiculo, estranho, ilógico ou incoerente, para outros tem significados altissímos! Para alguns são a própria razão de existência.


Será que nós, por sermos a maioria, podemos fazer tais juizos e, se necessário, oprimir e impor vontades ou razões que consideramos as melhores; pelo menos de acordo com o nosso referencial de educação, cultura ou bom senso?


Dou uns exemplos:



- Os que não aceitam transfusões de sangue (Devem-se contrariar, apesar de o deixarem bem explicito?);


- Os que não querem doar orgãos, porque acreditam em algo mais (devem ser obrigados? ou ter opção de escolha?);


- Os terroristas (Revoltante, CLARO, mas terão eles valores adquiridos imutáveis? Apesar de crueis e sem escrupulos, terão perspectivas definidas e coerentes?).


Como estes, existem outros mais ou menos graves!


Seremos donos da razão, ao ponto de impor os nossos valores acima das minorias?


Excluindo o terrorismo (uma vez que interfere directamente connosco numa perspectiva de dominio soberano, logo também interferimos com "ele" numa perspectiva de igualdade), somos "nós" dotados ao ponto de obrigar PESSOAS a mudar valores, sabendo que para elas a definição de vida, felicidade, familia, alimentação, modo de vestir, sexo, trabalho, riqueza, etc..., etc... , compreende conceitos completamente diferentes dos nossos?


Não é com caracter critico que pretendo ser entendido, apenas com vontade de perceber até que ponto é que somos donos da razão! Para interpretar e compreender bem este assunto, teriamos que encarnar cada uma das diferentes religiões, culturas, politicas, vivências, experiências e afins, de cada espécie e isso é impossivel!


Nem sei porque equipa torça....

Envenenado por Miscaro às 02:21

Ver a receita do veneno | Envenenar | Coleccionar veneno
|
15 comentários:
De MR TEORIAS PARVAS a 25 de Novembro de 2005 às 09:51
CARTA ENVIADA PARA OS POLITICOS


Sent: quarta-feira, 23 de Novembro de 2005 17:33
To: 'mail@manuelalegre.com'; 'candidatura@cavacosilva.pt'; 'bloco.esquerda@bloco.org'; 'gp_pcp@pcp.parlamento.pt'; 'p.europeu.lx@pcp.pt'; 'sindical@pcp.pt'; 'mail@jcp-pt.org'; 'mariosoares@mariosores.net'; 'portal@ps.pt'; 'psd@psd.pt'; 'tsdnacional@netcabo.pt'; 'queroumemprego@jsd.pt'; 'cds-pp@cds.pt'; 'contacto@siconline.pt'; 'sicinternacional@siconline.pt'; 'geral@rtp.pt'; 'geral@rdp.pt'; 'redaccao@tvi.pt'; 'geral@tvi.pt'


CAROS POLITICOS AO MENOS LEIAM


Querem soluções, aquelas que ninguêm tem coragem de tomar, ou de sequer falar em televisão, mas que acredito que pelo menos, algumas delas já pensaram de certeza??

1º Impostos ->

1.1 - Legalizam a prostituição, o correio da manhã tinha um artigo no mês passado, onde fazia as contas ao dinheiro gasto pelos portugueses com as meninas, elas que passem recibo, com ou sem numero de contribuinte, elas que tenham sistema de saúde, que façam os seus descontos... não passavam todas??? Certamente que não, mas as poucas que passavam, já era algum que entrava.

1.2 - Queixam-se que a culpa é nossa, do povo, por não pedirmos facturas?? Pois bem meus senhores, a culpa não é nossa, é vossa, pois existe uma solução fácil e com grande aderência popular... querem saber qual é??? Pois é simples, FAÇAM UM LOTARIA ANUAL DA FACTURA!!! OFEREÇAM 2.000.000€ ou 1.000.000€ que seja a quem tiver o numero da factura sorteada, vão ver o que é o pessoal a pedir facturas, afinal, quantos mais pedirmos, mais hipóteses temos de ganhar, até as dos simples cafés pediamos ( eu aqui falo por mim ).

1.3 - Amigos, olhem para os sinais exteriores de riqueza ( isto não é novo ), como é que é possivel, e vocês se quiserem têm acesso, haver tantas vivendas, carros novos topo de gama, etc... quando existem IRS e IRC´s miseráveis, vejam quem foi a pessoa que mais pagou estes impostos e vejam se não há outros com fortunas bem maiores!

2 - Desemprego / Emprego

2.1 - 600.000 mil desempregados e a subir! Subsidios de desemprego a custarem balurdios dos cofres do estado, a segurança social a entrar em banca routa, e eu a ver tantos anuncios todo o santo dia nos classificados...

Meus amigos, para mim existem montes de coisas que estes senhores que estão no desemprego à mais de ano e meio podiam fazer, querem saber o quê???

Limpeza de florestas, trabalho comunitário ( em lares infantários, escolas, museus... ) limpeza das praias antes da abertura de cada temporada, ajuda aos bombeiros com logistica na época de fogos. Trabalho de arquivo em tribunais, finanças, inspecção ( usem os 60.000 licenciados no desemprego para o fazer ) ... Quanto é que isto ia custar, pergunta-me vocês????

Desculpa Invadir o teu blog assim!
De Balzakiana a 25 de Novembro de 2005 às 10:04
Caro míscaro, isto logo de manhã e antes de tomar o café na D. Rosa, ler um texto como o teu, dá-nos um murro no estômago. Subscrevo integralmente as ideias expostas; e a liberdade e a democracia, penso eu, que é isso mesmo aceitar as ideias, crenças e credos dos outros, desde que não "briguem" com os meus direitos como é o terrorismo, seja ele qual for; como é também a violência doméstica- tem hoje o seu dia- e não só a física a psicológica até é pior.
Quanto ao primeiro comentário, acho utópico.
De Colibri a 25 de Novembro de 2005 às 11:09
Subscrevo inteiramente as palavras da Balzakiana.
Um post para reler, discutir e meditar. É que ás vezes estas "coisas" passam-nos ao lado!
Um óptimo fim de semana para ti. Um Abraço do Colibri.
De Doca a 25 de Novembro de 2005 às 11:43
Caro miscaro, tens toda a razão ao dizer que devemos sempre respeitar a cultura alheia. O problema aqui é que os comportamentos das pessoas nunca são livres, a liberdade é uma utopia e nunca será alcançada porque a liberdade de um choca inevitavelmente com a liberdade de outros. O facto de uma pessoa não querer receber sangue ou doar órgãos não é uma escolha genuinamente sua. É produto do banho cultural em que está mergulhado. Por isso, devemos respeitar as diversas culturas mas não devemos confundir cultura com livre escolha, porque se na tua cultura te dizem que comer maçãs faz mal e que tu nunca deves come-las, tu nunca o irás fazer. Não provaste mas à partida já não suportas maçãs. Devemos respeitar sim, mas não temos que aceitar as suas práticas como normais quando tocam os direitos mais básicos como é o direito à vida.
De Miscaro a 25 de Novembro de 2005 às 12:24
SR. TEORICO-> Realmente é uma forma aparentemente simples de resolver o problema, não considero que seja muito credivel e bem aceite pela opinião publica! Como diz a Balzakiana, acho que isso é mesmo impossivel! Abraço __ BALZAKIANA-> Ora precisamente! Façam lá o q querem mas não me incomodem! :** __ COLIBRI-> Sobretudo para reflectir amigo, reflectir sobre a nossa natureza! ;) __ DOCA-> Claro que partirei do principio que não comerei maçãs! Contudo, a escolha entre comer ou não a maçã é só minha! Abraço DOCA e volta sempre ;))
De Karla a 25 de Novembro de 2005 às 13:42
Um post brilhante. Parabéns.
E só mais uma achega. Se olharmos para a Áfica dos nossos dias, não consigo deixar de pensar nas responsabilidades europeias, desde o inicio da colonização.

De b-good a 25 de Novembro de 2005 às 14:19
eu até comentava, mas fiquei reduzida à minha insignificância...ou melhor, agora não tenho tempo que tenho uma cadela pra abrir
De rules a 25 de Novembro de 2005 às 15:35
Pois é sim senhora, temos que respeitar os outros se quere-mos respeito, mas isso depende do ponto de vista claro :)
De 1entre1000's a 25 de Novembro de 2005 às 15:40
Olha eu se não estivesse a escrever ia safar-me neste post todo profundo com um: fiquei sem palavras... mas esta frase hoje para mim é demasiado penosa :D:D:D, por isso digo: Bom post ta dito e mai nada!!!
De Mocho a 25 de Novembro de 2005 às 17:24
Uma aspirina? Toma lá: http://dasmusik.no.sapo.pt/aspirina.jpg (é melhor tomares duas hi, hi, hi).

Quanto ao teu texto, estou de acordo com o que escreveste a certa altura: "Para interpretar e compreender bem este assunto, teriamos que encarnar cada uma das diferentes religiões, culturas, politicas, vivências, experiências e afins de cada espécie e isso é impossivel!" As questões permanecerão sempre (e os problemas tambem)!!!

comentar veneno

Venenosos

Isto é que é Vida!

Este Gato é um Lord

Ditos Venenosos

Agosto 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Miscaro's count"up"

Molho de Miscaros

Procurar venenos