Venenosos

Envenena-me!

Design by Miscaro

Misturas Venenosas

Ante et Post
Asterisco
Atordoadas
Balzakiana
B-good
Barroco do Mocho
Boquirroto
Bota Gelo
Delirios 2004
Elsita
Entretantuus
Humor... A salvação
Iluminado
Miss Caipira
O Dique do Castor
omeublogemaiorqueoteu
O Pala Negra
Os porquês
Patioba
Salada Mista
The Crow
Trapalhadas para a colecção
Vida de Casado

Leituras

7000 Nomes
A funda São
A Casa Encantada
About Last Night
ABRUPTO
ABRUPTU (Do Colibri)
Alcabrozes
Blog dos Bichos
Blogue dos Marretas
Coco Ranheta e Facada
Controversa Maresia
Curtas
Desesperadamente à procura de mim
Elba Everywhere
Estações Diferentes
Esdruxulos
Gato Fedorento
* * * Grilinha * * *
Garfiar, só me apetece
Gumm
Letras Com Garfos
Maluco da Net
Malta da Bigairada
Ministério da Soltura
Morangos e Chocolate
Murcon
O Acidental
O Insurgente
O JUMENTO
Papoilas Doces
Papoila Procria...
PedeVento
Pigminha
Só sei q nada sei
Sou Burro
Vampiria
Voz do Deserto
Webcedário
World (Ana Cruz)

Venenos guardados

Agosto 2008

Julho 2007

Março 2007

Janeiro 2007

Novembro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Venenos recentes

México!!!

Quem Procura?? oi?

Que lindo é o protocolo.....

Os Super Parvos...

Vamos jantar frango...

dasssssssss tá complicado

Não se pode chamar de bur...

Kilhões ao dupenduro....

O país tal como está....

Falta de tempo? o que é i...

Mudar o template


blogs SAPO

subscrever feeds

Quinta-feira, 26 de Janeiro de 2006

Escola vs Empresa...

O Patrão que tenha paciência mas hoje vou-lhe roubar um cadito para grelhar uma posta!


YYYYUUUUUUUPIIIIIIIIIIIIIIIIIII! FUI AUMENTADO DESDE O INICIO DO ANO!! Aumentado de trabalho claro!


Não me queixo do trabalho, aliás, sou um adepto da claque revolucionária da retoma económica, tendo como foco principal o trabalhador (entenda-se "EU").


Existe aquela velha expressão: "Se os querem ver chateados, dêem-lhes trabalho!" - Não concordo com isso porque gosto de trabalhar, dá-me prazer mostrar resultados e dá-me ainda mais prazer quando aumentam as metas!


O que me está a remoer as visceras, é o facto deste aumento ter coincidido com a época de exames! Um gajo chega a casa e só apetece dormir, quem é que tem vontade de estudar? Podemos juntar a esta agonia o facto de já não dar uma berlaitada desde o ano passado!!!!! Ando todo chupadinho! Dasssssssssssss!!!!


OBJECTIVO = ESTUDOS (EXAMES)


Já não me lembrava de fazer exames! Mas aquilo até é giro, ver a cachopada toda em alvoroço, a fazerem perguntas uns aos outros, enfim, um ambiente ao qual já não estava habituado.


Fui então fazer o meu primeiro exame, era uma matéria em que estava mais à vontade, não foi preciso estudar. No segundo, fui mais rápido que todos os outros! Nem 15 min demorei a fazer o exame! E respondi a todas as questões com uma simples frase: "Declaro que desisto"! O terceiro não fui, com medo de voltar a desistir, o quarto não fui porque perdi o ritmo de estudo com o terceiro (aldrabão)! Dassssssssssssssssssss, mais vale por as mãos num balde de merda!


OBJECTIVO = TRABALHO (PROFISSIONAL)


A pouco e pouco vou atingindo os objectivos profissionais que estipulei. Claro que: ao atingir um, forma-se imediatamente outro! Para isso não preciso dos estudos, apenas estudo por uma questão pessoal de teimosia (sim, sim! Burrice mesmo. Sou um cepo!).


Com o aumento do trabalho, é mais que lógico que pedi ao chefe uma ajuda! Uma secretária ou alguém com experiência a organizar papelada (não é complicado mas é moroso), basicamente seria alguém que fizesse aquilo que eu não gosto, he he he.


Ao que ele me respondeu com um:


- Tomaste os comprimidos hoje? Se calhar trocaste-os!


- Chefe! Tou a falar a sério! Já viu a quantidade de horas que eu dou à casa todos os dias?


- Dás porque queres! Se fizesses tudo dentro do horário, escusavas de andar a correr à noite! (Gargalhada estupidamente irónica)


- Não diga isso. Não é verdade! Arranje lá uma catraia para me ajudar! Assim.... por volta dos 26/27 anos, roliça, vistosa! ...Uma coisa ao meu nível!


- Ao teu nível? Ao teu nível? Achas que quero para aqui mais pessoas a não fazerem nada? Vê-lá se eu tenho alguma secretária? Não tenho!


- Ó chefe, só tem secretárias quem trabalha! Para que é que você quer uma?


- Olha o respeito rapaz!


- Eu estou a respeitá-lo! O que quiz dizer, é que você já trabalhou o bastante para atingir o estatuto que merece!


- Tás para me fode**! Que estatuto é esse?


- O de chefe de malandros!


- Olha lá ò menino! Os meus subordinados não são malandros porque eu não permito malandrices! Isso implica contigo também! Enquanto eu aqui estiver, não vos faltará trabalho! Aliás, até arranjava trabalho para mais uns poucos....


- Como por exemplo para uma secretária? Aqui pró xixas?


- É assim que queres? Vais ter a tua secretária. Divido o teu ordenado por ti e por ela e assim já dá!


- Ó chefe! Deixe lá isso, estava a brincar consigo. O trabalho nem é assim tanto e eu até gosto de fazer arquivo, por carimbos, colar selos, essas merdas divertidas! Não se fala mais nisso!


O chefe tem andado espirituoso.....................

Terça-feira, 17 de Janeiro de 2006

Regresso à normalidade...

[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] <>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<P align=center><A href="http://images.google.pt/imgres?imgurl=http://www.felipex.com.br/imagens/surreal33.jpg&amp;imgrefurl=http://www.felipex.com.br/surreal17.htm&amp;h=280&amp;w=300&amp;sz=31&amp;tbnid=sKxyCYFeRmoGkM:&amp;tbnh=103&amp;tbnw=111&amp;hl=pt-PT&amp;start=5&amp;prev=/images%3Fq%3Dsurreais%26svnum%3D10%26hl%3Dpt-PT%26lr%3D%26sa%3DN"><IMG height=325 src="http://miscaro.blogs.sapo.pt/arquivo/surreal.jpg" width=336 border=0 a <></P>
<P align=center> </A><STRONG>Complicado???</STRONG> </P>
<P>Deviam ter visto o meu início de ano..........</P>
<P>Tenho uma média de 20 dias por ano mal disposto, 17 já passaram...</P>
<P><STRONG>O que correu bem:</STRONG></P>
<P>A noite de fim-de-ano nem foi má! Comi muito bem, bebi ainda melhor e sem cair em exageros. </P>
<P>Estando eu em casa alheia, na hora do deitar, esperei que todos se acomodassem para depois me enroscar num qualquer cantinho quente que por mim chamasse. Um ficou mesmo ali no sofá, outro abriu o divã, um colchão no chão da sala para o dono da casa (doido o homem! Mas ele assim quis!), um casal para um quarto e duas catraias bem parecidas para o outro! Quando chegou a vez do Miscaro se acomodar, a única hipótese imediata era o colchão no chão da sala, que já tinha um "Zé Mangueira" aninhado com dois cobertores por cima! Aqui o Míscaro é um bocado esquisito no que toca a partilhar lençois, então foi tratar de arranjar outra solução! E qual a mais obvia? Um quartinho com duas catraias!</P>
<P>- Posso?</P>
<P>- Claro!</P>
<P>- Vou fazer a minha cama aqui no chão, as outras divisões estão cheias!</P>
<P>- E ficas bem?</P>
<P>- Epá! Isto é duro! se calhar tenho que por mais um cobertor por baixo!</P>
<P>- Se quiseres podes vir para a cam..............</P>
<P>He he, nunca me levantei tão depressa! Aqui o Miscaro enfiado numa cama com duas catraias todas jeitosas, cheirosas e tudo o resto! (Ao outro dia descobri que o desgraçado que ficou no colchão, esteve mais de meia hora à conversa com o do sofá à espera que eu voltasse!)</P>
<P>Bem, posso dizer que nunca tive uma noite assim. Que maneira de começar o ano, avizinhava-se um sorridente 2006. Foi a noite toda naquilo, eu e elas, elas e eu! Foi desde que me deitei, até me levantar! Não havia nada que nos fizesse parar! Nunca despegamos........ Aquilo é que foi dormir........ Toda a Santa noite ferradinhos! Dasssssssssssssssssssssss!!!!!!!!!!!!!!!</P>
<P><STRONG>O que correu mal:</STRONG></P>
<P>Dia 2, sair de casa. Entrar na auto-estrada em direcção ao novo ano de labuta.</P>
<P>A 5Km do destino inicia-se uma ultrapassagem a um camião. Velocidade = 130Km/h. Depois de meio camião passado, um barulho forte de 2seg, uma redução brusca na velocidade não provocada pelo condutor! Ainda ao lado do camião (com o embalo queo carro levava) calcar o acelerador e.... Nada! Dar à chave e.... Nada! </P>
<P>Pensamento supé rápido "Tou fodid****" Carros a aproximarem-se pela retaguarda, camião à direita, o balanço do carro cada vez menor! Segundo pensamento supé rápido "Tou mesmo fodid****"! Fiz-me de levezinho dentro do carro, cheguei à frente do camião com o balanço que trazia, viragem brusca para a margem da direita, buzinadela do camião (que mais parecia um elefante com gripe!). Sair do carro; vestir o colete; colocar o triangulo a 100metros; abrir o "capot"; Só oleo a salpicar o bloco do motor; uma peça num sitio duvidoso, pensamento: "isto não é daqui!"; Abrir a tampa do óleo; constatar a evidência: Parti a merda do motor!</P>
<P>Num periodo de contenção, onde é suposto poupar umas coroas para a reforma (uma vez que quando lá chegar já não há previdência para mim), tinha o motor do carro partido! Bem, partido não! O mecânico disse que tinha "fracturado" a árvore de cammes em três sitios. Perguntei eu:</P>
<P>- Então, isso são praí três semanas de gesso e já está! Certo?</P>
<P>- Se os pistons não tivessem subido e partido as válvulas, se a cabeça do motor não tivesse rachado e esta merda toda que você vê aqui à volta estivesse no sitio certo.... até se dava um jeito!</P>
<P>- Cum caralh**** o Ortopedista tem praí um trabalhão!.....</P>
<P>Ou carro novo, ou motor novo! Ainda não decidi. E claro, dei a minha primeira falta do ano na empresa! Uma manhã!</P>
<P>De tarde, o Big Boss:</P>
<P>- Miscaro, esta é a nova funcionária desta empresa, quero que lhe mostres as instalações e a orientes no serviço. Não a quero ver parada!</P>
<P>- Boa! Que alegria! É o que me está a apetecer!</P>
<P>Claro, que foi uma semana sem tempos livres....... </P>
<P>Nova semana, a alegria começava a chegar (apesar de depender de terceiros para ir trabalhar e para regressar a casa), quando:</P>
<P>- Míscaro, Já saiu o decreto-lei para a certificação dos técnicos. Trata disso!</P>
<P>- Obrigado chefe! você só me dá trabalho de emoções fortes!</P>
<P>- Já que estás tão espirituoso, ficas também encarregue de ensinar o processo de cobranças à nova funcionária. E quero falar contigo no fim do dia no meu gabinete!</P>
<P>- Ó chefe, não era preciso! O Natal já passou!</P>
<P>Fim do dia, gabinete do chefe:</P>
<P>- Ora cá estou eu. Diga lá de sua justiça!</P>
<P>- Míscaro, instalamos um sistema novo para controlar as carrinhas, quero que percas um bocado a aprender a trabalhar com isso uma vez que vais ficar tu a controlar isso!</P>
<P>- OK chefe. Quando é que posso trazer a cama e a almofada para cá?</P>
<P>- Deixa-te de brincadeira e não te queixes. Isto é sério.</P>
<P>- Eu só trabalho a sério! E se há coisa que eu faço é não me queixar! Você é que se queixa, quando o trabalho não fica pronto por falta de tempo! Aliás, não acredita na falta de tempo, o que dificulta a minha explicação no caso de não conseguir cumprir...... por falta de tempo! Já viu que nem tempo tenho para escrever no meu blog?</P>
<P>- Deixa-te lá de mariquices e vai fazer qualquer coisa!</P>
<P>- Roger chefe! Over and out!</P>
<P>Ele até é um gaijo porreiro! E francamente nem me posso queixar, ele dá-me espaço! Tem é um feitio.......... Dassssssssssssss</P>
<P>E pronto! vamos lá ver se consigo retomar a minha escrita, voltar à normalidade e visitar as vossas tascas que já tenho saudade.</P>
<P>Ahhhhhhhhhhhhh! Muito obrigado por não terem dixado de cá vir! :)</P>
Venenosos

Isto é que é Vida!

Este Gato é um Lord

Ditos Venenosos

Agosto 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Miscaro's count"up"

Molho de Miscaros

Procurar venenos